Construção civil em alta no interior paulista
Logotipo Metro Modular

Construção civil em alta no interior paulista

A construção civil de Campinas, interior do estado de São Paulo, está retomando seu crescimento após passar por um período de dificuldades para aprovação de novos projeto, fechando 2013 com um crescimento de 25,9% no valor geral de venda (VGV) na comparação com 2012. Só os lançamentos somaram R$ 10,3 bilhões, com estimativas de superar esse valor em 2014, com os investimentos que estão chegando na cidade.

 

De acordo com o diretor regional do Sindicato da Habitação (Secovi), Fuad Jorge Cury, o desempenho do ano foi razoável, já que o primeiro semestre do ano foi marcado pela quase paralisia do setor. “So não fechamos 2013 no negativo porque houve uma reação no segundo semestre. Mas é preciso melhorar a estrutura das secretarias envolvidas nas aprovações dos empreendimentos, com mais pessoal para funcionarem no ritmo que a cidade necessita. Melhorou, mas ainda não está como gostaríamos”, comento em entrevista ao Jornal Correio Popular. Para ele, 2014 deve ser um ano melhor devido aos vários investimentos que estão vindo para a cidade, que encontrarão uma demanda represada.  

 

Nos municípios vizinhos à cidade de Campinas, a situação também é bastante otimista. “Na regional inteira, o crescimento do setor ficou em 4,5% até julho deste ano e, mesmo com a expectativa de estabilização do mercado, espera-se um crescimento de 5% em cidades como Hortolândia, Piracicaba, Limeira, Americana entre outras até o final de 2013”, afirmou Marcio Benvenutti, diretor regional do SindusCon Campinas, que representa mais de 70 cidades, em entrevista ao Portal Redes de Obra.

 

A cidade de Piracicaba, por exemplo, segundo levantamento feito pela prefeitura a pedido do Jornal de Piracicaba no final do ano passado, de janeiro a setembro de 2013, ela havia aprovado 31 empreendimentos (25 condomínios residenciais, cinco comerciais e um misto, onde há tanto moradia quando comércio), além de quatro empreendimentos habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo Federal.

 

Segundo levantamento realizado pela Rede de Obras – ferramenta de pesquisa da e-Construmarket – o estado de São Paulo apresenta 1138 lançamentos, sendo que o interior é a segunda região com maior número de novas residências, 353, ficando atrás somente da capital, com 445.