Construção mantem bom ritmo de negócios em 2013
Logotipo Metro Modular

Construção mantem bom ritmo de negócios em 2013

O setor da construção civil é uma das três áreas (as outras são varejo e TI) que devem continuar com desempenho de negócios acima da média no Brasil. A afirmação é da Raimundo Godoy, sócio e diretor técnico do Institulo Aquila, consultoria de gestão internacional. "Os bons resultados do varejo decorrem dos programas compensatórios de renda, como o Bolsa Família, e do aumento real do salário-mínimo nos últimos anos. O aquecimento do comércio, por outro lado, se reflete positivamente sobre a área de serviços, como é o caso das empresas de TI", disse Godoy em entrevista a agência IN.

 

Segundo estimativa da LCA, a construção civil deverá crescer 4% este ano devido aos incentivos como desoneração tributária e ampliação do crédito imobiliário federal. No entanto, o consultor ressaltou, que somente um ritmo mais consistente de negócios na indústria elevaria o Produto Interno Bruto (PIB) além do registrado nos últimos anos.

 

O setor da construção civil é uma das três áreas (as outras são varejo e TI) que devem continuar com desempenho de negócios acima da média no Brasil. A afirma é da Raimundo Godoy, sócio e diretor técnico do Institulo Aquila, consultoria de gestão internacional. "Os bons resultados do varejo decorrem dos programas compensatórios de renda, como o Bolsa Família, e do aumento real do salário-mínimo nos últimos anos. O aquecimento do comércio, por outro lado, se reflete positivamente sobre a área de serviços, como é o caso das empresas de TI", disse Godoy em entrevista a agência IN.

 

Segundo estimativa da LCA, a construção civil deverá crescer 4% este ano devido aos incentivos como desoneração tributária e ampliação do crédito imobiliário federal. No entanto, o consultor ressaltou, que somente um ritmo mais consistente de negócios na indústria elevaria o Produto Interno Bruto (PIB) além do registrado nos últimos anos.