Metro Modular vê crescimento do mercado de formas plásticas para paredes de conc
Logotipo Metro Modular

Metro Modular vê crescimento do mercado

Foco da empresa tem sido em ressaltar a durabilidade e resistência do produto

 

Desde que começou a atuar, há mais de 10 anos, a Metro Modular viu o uso das formas plásticas para paredes de concreto moldada in-loco crescer a cada ano. Isso porque as formas, por serem produzidas com resinas plásticas, podem ser utilizadas inúmeras vezes em outras construções, se adequando a diferentes projetos, tendo suas dimensões alteradas e moduladas para qualquer medida.

 

Segundo Edenilson Rivabene, gerente de planejamento da Metro Modular, um dos grandes focos da empresa tem sido ressaltar a durabilidade e resistência do sistema de formas plásticas para paredes de concreto moldadas in loco da empresa. “As empresas já conhecem o nosso produto e os questionamentos levantados quando nos procuram são focados na aplicação do sistema em projetos específicos. Mas o fato da forma ser plástica ainda causa um pouco de espanto com relação à durabilidade do produto. Por isso, estendemos nosso prazo de garantia, o que deixa a opção de compra do nosso produto bem mais atrativa”, explica Rivabene.

 

Além disso, o plástico é extremamente durável, porque ele não acumula deformações permanentes. “Isso é uma vantagem, pois, se compararmos a outros sistemas metálicos, que sofrem impactos e deformações todos os dias, a forma de plástico ao longo de toda a vida útil vai apresentar o mesmo acabamento superficial das paredes”, comenta.

 

Um dos grandes enganos que as pessoas costumam ter, segundo Rivabene, é achar que o concreto ataca as formas plásticas e que, por isso, elas não são ideais para este uso. “O plástico não sofre esse tipo de ataque, pelo contrário, as formas são feitas com uma resina desenvolvida especialmente para esse tipo de uso”, explica o gerente de planejamento da Metro Modular.

 

Outro ponto positivo foi os reflexos da aprovação da norma ABNT NBR 16055:2012 – Parede de concreto moldada in loco para construção de edificações – Requisitos e procedimentos,que regulamentou a parede de concreto em edificações. Segundo Wanderley Jayme Esmael, diretor Metro Modular, a aprovação foi positiva em diversos aspectos. “Antes da aprovação, havia uma série de exigências que tornavam esse tipo de construção mais cara. Além disso, sem a existência de uma norma que regulamentasse esse sistema não havia a possibilidade de financiamento dessas construções pela Caixa Econômica Federal, um dos principais órgãos de financiamento habitacional do país. Com a norma, os imóveis construídos com esse sistema podem ser financiados tranquilamente. “Por isso, a norma foi extremamente positiva para o mercado”, comenta.